domingo, 18 de julho de 2010

Saudosismo


Segundo os dicionários de nossa língua portuguesa, a palavra saudosismo significa "afeto, apego ou louvor ao passado".

Pois bem, o post de hoje não traz imagens (pois não as encontrei), mas traz um imenso saudosismo...

Todos sabemos que a economia de Pelotas é gerada, em grande parte, pelo seu comércio. Um comércio à moda bem tradicional, sem shoppings, feito de lojas grandes ou pequenas, dos mais variados tipos, muitas delas são novas, mas outras, inseridas há décadas no mercado.

Quem nasceu e cresceu aqui na cidade, deve lembrar de alguns estabelecimentos muito marcantes que existiram e que deixaram grande saudade. Não achei fotos, mas quem não lembra das Lojas Mazza que ficavam na rua Andrade Neves? A Mesbla, no calçadão, a Joalheria Pinto Ferreira, A Predileta, A Principal,  Loja Rivoli do saudoso seu Elias, figura inigualável, Relojoaria Nacional e o Covinha? Primeira escada rolante em Pelotas, quem lembra? Lojas Riachuelo!

Livraria do Globo, Procópio e Procopinho, Passocerto Calçados. Comprar um LP ou uma fita K7? Era na Beiro Discos e Fitas, ao ladinho da  Panificadora Luso, ali pertinho das "As Brasileiras", loja que encantava meus olhos de criança com tantos brinquedos...

Quem se lembra do supermercado Real na esquina da Osório com Mal. Floriano?  Da loja A Coreana, Casa das Meias, Velocino Torres, A Formosa, Feira Carioca e da loja Arapuã?

São tantas... algumas daqui, outras de fora, mas que também marcaram... ficaram na lembrança...estas acima são as que me recordo, mas têm muitas que nem conheci, estas seus nomes estão gravados em uma coleção de lápis que tenho em casa, herança do meu pai, olhem só que interessante...


4 comentários:

Anônimo disse...

És filho do Sr. Ivo?

Plenitude do Ser disse...

Bom dia...

Obrigada pela leitura do post.

Meu pai chamava-se Marcelino. Sou filha do Marcelino.

Abraços

Mãe da Tonton disse...

E as livraria Princesa??? Sempre comprava meus materiais lá..

Plenitude do Ser disse...

Infelizmente fechou... Também muito comprei livros lá. É uma pena...